"A Causa Verde trata de questões relacionadas ao controle e ao gerenciamento ambiental, em busca de uma melhor qualidade das atividades produtivas e consequentemente, de uma melhor qualidade de vida."

Conheça

Sobre nós

Aqui contamos um pouco sobre nossos princípios...

Missão

Orientar e executar projetos e serviços nas áreas ambientais, industriais e rurais, com responsabilidade e comprometimento.

Visão

Ser referência como empresa de assessoria.

Valores

Comprometimento - Responsabilidade - Dedicação - Agilidade - Qualidade

Portfólio

Conheça um pouco nossos portfólios

5ª Feira da Floresta

Nova Prata/RS

FEPAM

Porto Alegre

Licenciamento de empreendimento rural

São Francisco de Paula/RS

Licenciamento ambiental de indústria

Nova Hartz/RS

Análise de parasitismo

Região das Hortênsias

XVI SBSR

Iguaçu/PR

Clientes

Conheça alguns de nossos clientes...

Cambara S.A.

Irmãos Maggioni

Madeiras Morada do Sol

Novello

Madeiras Status

Voges Motores

Altmayer Autopeças

Friserra

Parcel

Rauber & Fillhos

V.A. de Castilhos

Grupo Vibra

Rauber Silva

Madereira Fontana

Santiago Agroflorestal

Rauber Madeiras

RPG Empreendimentos

Transmioranza

Forespel

Buzin

Ursa Florestal

Nicolini

Frizzo Laticínios

Parador Casa da Montanha

Melvis Papéis

Treboll Móveis

Fazenda Santa Inês

Serviços

Saiba mais sobre nossos serviços...

  • Assessoria Ambiental

    Trata das questões de controle e gerenciamento ambiental, realizando o diagnóstico completo da situação da empresa. Atua nos processos de licenciamento ambiental, de atividades potencialmente poluidoras, registros e laudos técnicos junto aos órgãos competentes municipais, estaduais e federais.

    • Assessoria Florestal

      Elaboração de projetos de reflorestamento, buscando alternativas de melhor rendimento econômico, avaliando o potencial dos ecossistemas e a minimização dos impactos socioambientais e realização de vistorias, perícias, avaliações, emissão de laudos e pareceres.

  • Certificação

    A certificação envolve um complexo levantamento de dados, cálculos e análises técnicas. Regularizarmos a situação cartorial da propriedade e oferecemos consultoria legal para a sua atualização no Cadastro Nacional de Imóveis Rurais (CNIR) e a certificação do INCRA.

    • Georreferenciamento de Imóveis Rurais

      Os imóveis rurais possuem uma localização, ou “endereço”, no globo terrestre: o georreferenciamento. A Topografia é parte deste estudo, no qual as particularidades são detalhadas, como a presença de construções, rios, vegetação, rodovias, ferrovias e relevo. A Causa Verde utiliza modernos equipamentos de precisão e profissionais credenciados pelo INCRA para este serviço.

  • Cadastro Ambiental Rural - CAR

    Registro eletrônico obrigatório para todos os imóveis rurais, cuja finalidade é integrar as informações ambientais referentes à situação das Áreas de Preservação Permanentes - APP, das áreas de Reserva Legal, das florestas e dos remanescentes de vegetação nativa, das Áreas de Uso Restrito e das áreas consolidadas das propriedades e posses rurais do país.

    • Topografia

      Mapeamento completo da propriedade rural. Inclui informações sobre perímetro, divisas, matas nativas e cultivadas, estradas, edificações, áreas úmidas, açudes. O detalhamento garante melhor controle e gerenciamento do imóvel, aumentando a lucratividade do empreendedor.




Notícias





  • Notícia 1

    Silvicultores devem ter cadastro florestal junto à Secretaria da Agricultura

    Em reunião realizada nesta quinta-feira (9), no gabinete do secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, deputado Ernani Polo, com o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag), Carlos Joel da Silva, foram tratados assuntos sobre o cadastro florestal dos silvicultores do Estado. Após a aprovação da Lei 14.961/2016, que trata da política agrícola estadual das florestas plantadas e seus produtos, o cadastro, que é declaratório, obrigatório e gratuito, passou a ser coordenado pela Seapi. Com ele, os silvicultores recebem uma certidão de registro, que regulariza a comercialização de seus produtos florestais. Conforme Polo, a Fetag tem apoiado e auxiliado os agricultores no encaminhamento da documentação necessária.

    • Notícia 2

      Licenciamento ambiental no RS agora será feito por meio digital

      Agilidade, modernização e transparência são as principais características do Sistema Online de Licenciamento Ambiental (SOL), lançado nesta quinta-feira (9), no Palácio Piratini, pela Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) e a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam). A partir de agora, os processos de licenciamento ambiental serão protocolados nos sites da Sema ou da Fepam, por meio do novo sistema que está sendo implantado, tanto na sede em Porto Alegre como nos balcões ambientais unificados localizados nos municípios de Alegrete, Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz, Santa Maria, Santa Rosa e Tramandaí.

    Atualizado Fev/2017

    Para ler a notícia 1 completa clique aqui
    Para ler a notícia 2 completa clique aqui


  • Noticía 3

    Conselho Estadual de Meio Ambiente regulamenta descarte de lâmpadas

    O descarte correto das lâmpadas fluorescentes, a partir de agora, deverá ganhar mais agilidade. A resolução 333/2016 do Conselho Estadual de Meio Ambiente estabelece as diretrizes para o descarte e a destinação final desses objetos no Rio Grande do Sul. A decisão foi tomada porque as lâmpadas fluorescentes contém mercúrio, considerado resíduo perigoso de Classe I, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Por ser tóxico e possuir capacidade de bioacumulação, esse metal pesado prejudica a saúde da população e contamina o meio ambiente.

    • Noticía 4

      CAR é prorrogado para todos os produtores rurais do Brasil até final de 2017

      O CAR (Cadastro Ambiental Rural) foi prorrogado para até 31 de dezembro de 2017 para todas as propriedades rurais do Brasil. A decisão do presidente em exercício, Michel Temer, foi publicada na edição desta quarta-feira (15), do Diário Oficial da União (DOU). O texto determina que o novo prazo pode ser prorrogado por até mais um ano por ato do Chefe do Poder Executivo. A medida estabelece ainda que, após o prazo de 31 de dezembro de 2017, as instituições financeiras só concederão crédito agrícola, em qualquer uma de suas modalidades, para proprietários de imóveis rurais que estejam inscritos no CAR.

    Atualizado Fev/2017

    Para ler a notícia 3 completa clique aqui
    Para ler a notícia 4 completa clique aqui


Equipe

Veja detalhes do nosso time de colaboradores...

Carolina Eberhardt da Silva

Técnica Agrícola / Gestora Ambiental

Rafael Jung Machado

Gestor Ambiental

Clélia Inês Albrecht

Advogada

Adão Augusto Reis de Oliveira

Gestor Ambiental

Elizabete Menger de Oliveira

Técnica em Administração / Gestora Ambiental

Claudio Roberto Marensi de Moura

Engenheiro Florestal

Saula Valéria Dado

Técnica Florestal

João Oscar Sander

Engenheiro Mecânico

Tiago Lorandi

Auxiliar de topografia

Luciano Maciel de Souza

Técnico Agrícola

Contato

Fale Conosco. Teremos prazer em atendê-lo!